AuditSimples apoia Receita Municipal

By 14 de março de 2018Nacional

Tecnologia nacional permite gerenciamento do Simples pelos municipios

 Todo cidadão espera uma boa prestação de serviços e é dever de todos contribuir para o progresso da cidade

Começa  a gerar resultado um novo software nacional muito útil aos municípios, denominado de AuditSimples.  É uma solução tecnológica moderna, desenvolvida pela empresa brasiliense CDS Tecnologia. Destina-se ao gerenciamento e auditoria do Simples Nacional, pela ótica municipal.

Ao lançar o produto, a CDS fez a primeira implantação, bem sucedida, no município de Jaguariúna, em São Paulo. O sistema consolidou-se e está pronto para aplicação em cidades de grande porte. Alguns outros municípios já estão testando o AuditSimples.

Milhares de empresas

Segundo informação do Departamento de Fiscalização Tributária de Jaguariúna, a ação de fiscalização e auditoria em realização neste mês de março está abrangendo 1.138 empresas enquadradas no Simples Nacional. Conforme o diretor do Departamento de Fiscalização da Prefeitura, Ícaro Biotto Battoni, a finalidade é verificar a regularidade e possíveis pendências de entrega de declarações e recolhimentos dos impostos junto à União.

“Essa ação será contínua e se dará através da utilização de um software de gerenciamento e auditoria do Simples Nacional, o AuditSimples”, disse Battoni. De acordo com o responsável pela fiscalização, muitas das empresas enquadradas nesta categoria, em Jaguariúna, estão com suas declarações em dia, mas há uma parcela que não segue as regras, deixando de contribuir com a arrecadação.

“Somos um município com boa qualidade de vida e cabe à administração pública manter e ampliar esse padrão na medida do possível. Sem arrecadar, isso acaba se tornando inviável. Todo cidadão espera uma boa prestação de serviços e é dever de todos contribuir para o progresso da cidade”, explica.

Simples nacional

O Simples Nacional é um regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Ele está previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, e abrange a participação de todos os entes federados (União, Estados, Distrito Federal e Municípios). “As pessoas jurídicas de Jaguariúna que se enquadram nessa condição e que possuem pendências de entrega de declarações ou de recolhimentos serão notificadas e receberão um prazo para regularização. O melhor caminho é buscar a orientação dos contadores ou aqui no Departamento de Fiscalização”, orienta Ícaro Battoni, mostrando como está funcionando o novo sistema. Pendências junto ao Fisco Municipal, de natureza fiscal ou cadastral podem impedir a opção ao regime do Simples.  O Simples Nacional compartilha a cobrança de oito tributos é feita em um único boleto, sendo seis tributos federais (IPPJ, IPI, PIS, COFINS, CSLL e CPP), um estadual (ICMS) e um municipal (ISS). Além da simplificação no pagamento, o Simples Nacional também se constitui em um benefício fiscal para as empresas favorecidas, uma vez que promove uma redução significativa da carga tributária.

CDS tecnologia

Há 20 anos a CDS Tecnologia atua no mercado brasileiro, a partir de Brasília, hoje com Escritórios em São Paulo e Paraná. Desenvolve projetos de gestão corporativa e integração de soluções tecnológicas para empresas e órgãos governamentais de todos os níveis. No momento, além desse projeto AuditSimples, desenvolve solução para que entidades públicas gerenciem suas ações relacionadas com o Siconv, com grande facilidade de operação.

A CDS tem parceria com empresas de dimensão internacional, como SAS, WSO2, Esri (geoprocessamento), Teradata, Microstrategy, Cloudera, Informática, ServiceNow, Tibco, Opentext, entre outras. São mais de 300 colaboradores, em diversos estados, abrangendo clientes como Tribunal de Contas da União, Banco Central, Caixa Econômica Federal, Tribunal de Justiça de São Paulo, entre muitos outros, incluída a multinacional GM, que teve mais de 600 concessionárias integradas pela CDS Tecnologia.