Governador destaca preservação ambiental na macrodrenagem da calha do Rio

O governador da Bahia, Rui Costa, esta acompanhando de perto as obras de macrodrenagem para canalização e revestimento na calha do rio Jaguaribe e Mangabeira. Realizada no trecho da orla de Salvador, a obra conta com investimento superior a R$ 273 milhões e já foi parcialmente concluída, com entrega de duas passarelas e obras de paisagismo.

“A obra está sendo concluída com total e absoluta preservação ambiental, possibilitando uma vazão regular do rio, e com o paisagismo renovado. É uma obra de macrodrenagem, que vai até a Paralela, passando pelo Bairro da Paz, garantindo que os moradores de toda essa região não tenham mais que conviver com a água invadindo suas residências nos períodos de grandes chuvas”, afirma o governador.

O serviço abrange um trecho de 10 quilômetros, sendo 5 quilômetros do Rio Jaguaribe e mais cinco do Mangabeira e avança no sentido da Avenida Paralela. Além da urbanização de todas as margens, o projeto conta a instalação de uma ciclovia no trecho do Bairro da Paz.

Alagamentos

O diretor de obras estruturantes da Conder, Sérgio Silva, explica que o projeto está na fase de macrodrenagem do Rio Jaguaribe. “No trecho entre o Sesc Piatã e o Costa Verde até a Avenida Paralela iremos fazer revestimento das margens e também do fundo do Rio. Por ser uma área muito mais plana a gente precisa revestir o fundo para ganhar velocidade no escoamento das águas”.

Ainda segundo Sérgio, a expectativa é que haja redução dos alagamentos que ocorrem no períodos de enchentes nas comunidades adjacentes ao Rio Jaguaribe. “A gente sabe que tem uma vazão muito alta de águas nessa área, principalmente nos períodos chuvosos. Além disso, tem o problema de assoreamento e lixo que é jogado de forma desordenada nos rios. Com o revestimento das margens a gente espera acabar com os alagamentos”, conclui.