Category

Renato Riella

Direto de Brasília – Junho

By | Renato Riella | No Comments

Carlesse e Vicentinho disputam no Tocantins

Os candidatos Mauro Carlesse (PHS) e Vicentinho Alves (PR) vão disputar o segundo turno da eleição suplementar para o governo do Tocantins no próximo dia 24.

Sete pessoas foram presas durante a eleição. Cinco das prisões envolvem políticos que ocupam algum cargo, sendo três vice-prefeitos e dois vereadores.

 

Eduardo Cunha é condenado de novo

A Justiça Federal condenou o ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (MDB-RJ), a 24 anos e dez meses de prisão por desvios na Caixa Econômica Federal.

A 10ª Vara em Brasília considerou Cunha culpado pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e violação de sigilo funcional. No ano passado, em processo da operação Lava Jato, ele já foi condenado a 14 anos e seis meses de prisão.

Preços desafiam a

Petrobras este ano 

O presidente Temer confirmou Ivan Monteiro como novo presidente da Petrobras. Ele substitui de maneira efetiva Pedro Parente.

 “Nós continuaremos com a política econômica que tirou a empresa do prejuízo”, disse Temer. “Não haverá qualquer interferência na política de preços da companhia”, afirmou. No entanto, ele terá de levar em conta a insatisfação da população com os aumentos constantes dos combustíveis.

 

Jornalismo econômico com foco distorcido

Jornalistas respeitáveis afirmam, ao vivo, que “a Petrobras perdeu 70, 80, 90 bilhões num dia”. Má informação! A Petrobras teve queda momentânea do valor das suas ações, diante da revolta dos caminhoneiros. Mas, na volta à normalidade, essas ações devem recuperar níveis razoáveis.
Economia virou área mais popularesca do que futebol, onde costumamos usar os termos com mais propriedade.

 

Joesley paga multa por causa da delação

A defesa dos irmãos Joesley e Wesley  Batista, do grupo J&F, depositou em conta judicial R$ 11 milhões, que corresponde à primeira parcela da multa de R$ 110 milhões que está prevista em seu acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

O pagamento começou a ser feito mesmo depois de um pedido de rescisão da colaboração, feito pela Procuradoria Geral da República.

 

Mais 5,67% para a Bolsa-Família

O governo federal autorizou reajuste de 5,67% no valor mensal da Bolsa Família. O aumento começa a valer no dia 1º de julho.

O programa atenderá famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, caracterizadas pela renda familiar mensal per capita de até R$ 178 e R$ 89, respectivamente. Hoje, esses valores são de R$ 170 e R$ 85, que beneficiam 13,8 milhões de famílias.

 

Registros sindicais sob muita suspeita

O Ministério do Trabalho suspendeu, por 30 dias, “todas as análises, publicações de pedidos, publicações de deferimento e cancelamentos de registro sindical”, que são executados pela Secretaria de Relações do Trabalho.

Haverá detalhamento das cartas sindicais emitidas ou recusadas nos últimos 30 dias, com o número de processo respectivo. Estão excluídos das exigências os processos com determinação judicial.  Espera-se que a corrupção no setor diminua.

 

Cartões de crédito com novas regras

Estão valendo novas regras do Conselho Monetário Nacional (CMN)  para o uso do rotativo do cartão de crédito. O destaque está para a limitação dos juros em atrasos e parcelamentos das contas no cartão, que deverão seguir as condições existentes no contrato de crédito rotativo regular.

Outro ponto é o fim da exigência de pagamento mínimo de 15% da fatura. Agora serão as instituições que definirão o percentual mínimo de pagamento.

E passagens aéreas não foram reduzidas

O preço das passagens de avião teve aumento real de 6% desde o início da cobrança pela mala despachada, há um ano. Companhias aéreas como a Azul já aumentaram a taxa de cobrança para malas de 23kg em 67%. A princípio, todas as empresas cobravam R$ 30 reais pelo serviço. Agora, a taxa chega a R$ 50.

Dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) apontam que o preço médio de uma tarifa aérea no Brasil passou de R$ 333,35 em junho de 2017 para R$ 354,02 em fevereiro deste ano.

 

Vai começar a Copa. Onde está a torcida?

Pesquisas indicam que o brasileiro “não está nem aí” para a Copa do Mundo. Mas isso deve mudar quando a bola começar a rolar, no dia 14, nos estádios da Rússia.

A Seleção Brasileira estreia no dia 17, contra a Suíça, pegando um adversário dificílimo, que vem crescendo nos últimos meses. Neymar parece que está recuperado e é a nossa maior esperança.

Direto de Brasília – Janeiro

By | Renato Riella

Produção de grãos menor este ano

A produção de grãos da safra brasileira 2017/2018 pode chegar a 225,6 milhões de toneladas, segundo a Conab.Mesmo com um recuo de 5,1% em relação à safra passada, que foi a maior de toda a história (237,7 milhões de t), a safra deste ano deve fi car em segundo lugar entre todas as anteriores. Entre as culturas, a preferência do produtor segue pelo milho e a soja, que representam quase 88% dos grãos produzidos.

  Juros caem, mas bancos exploram

Juros caem, mas bancos exploram O Banco Central anunciou a queda da taxa básica de juros (Selic), de 7% para 6,75% ao ano. Logo depois, os principais bancos do país anunciaram a redução dos custos dos empréstimos que fazem à clientela, mas os brasileiros não acreditam nisso. Os juros do cheque especial e do cartão de crédito permanecem em faixas acima de 300% ao ano, o que parece assustador para todos os consumidores. Será que melhora?

 

FHC se aproxima de Huck e surpreende

No plano político, uma situação surpreendente vem do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que demonstra simpatia pela candidatura do apresentador Luciano Huck a presidente. O candidato natural do PSDB, Geraldo Alckmin (governador de São Paulo), está incomodado com isso e ainda tem outro problema: o ex-senador e atual prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, exige disputar a vaga em prévia dentro do partido.

 

Salário-moradia de juízes assusta

Em fevereiro, o salário-moradia da Justiça e do Ministério Público se transformou na maior polêmica. Ficamos sabendo que o juiz Fernando Bretas e a mulher (também juíza) recebem, cada um, mais de R$ 4 mil por mês desse benefício. O juiz Sérgio Moro, com casa própria em Curitiba, também não abriu mão da ajuda. E surgiu um juiz rico, que tem mais de 60 imóveis, e ainda assim exige receber o auxílio-moradia. Todos os brasileiros aguardam que o Supremo Tribunal Federal estabeleça regras para este abuso.

Febre amarela é fator de preocupação

O Brasil confi rmou 353 casos de febre amarela e 98 óbitos no período de 1º julho de 2017 a 6 de fevereiro deste ano. No mesmo período do ano passado, confi rmados 509 casos e 159 óbitos. Os números são do Ministério da Saúde. Os balanços foram encaminhados pelas secretarias estaduais de saúde. Ao todo, notifi caram-se 1.286 casos suspeitos, sendo que 510 foram descartados e 423 permanecem em investigação.

 

Previsto crescimento do PIB de 2,70%

O governo, através do Ministério do Planejamento, está otimista e atualizou a projeção para o crescimento da economia, este ano, de 2,5% para 3%. Os principais analistas financeiros, consultados semanalmente pelo Banco Central, estão mais contidos e acham que o crescimento do Produto Interno Bruto – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país – será de 2,70% no final deste ano.

Ficha Limpa já tirou dez mil das eleições

A Lei da Ficha Limpa é clara: político condenado em segunda instância, por colegiado (turma de juízes), está inelegível. Em duas eleições municipais e uma eleição geral, mais de 10 mil políticos já foram afastados das funções, milhares deles proibidos pela Justiça Federal e muitos outros por autodesistência. O novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, tranquilizou os brasileiros, ao dizer que a Justiça Eleitoral será irredutível na aplicação da Lei da Ficha Limpa.

 

Tudo indica que Lula será preso em março

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, publicou o acórdão da decisão que confirmou a condenação do ex-presidente Lula na ação penal envolvendo o trí- plex no Guarujá (SP) e aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão. A defesa de Lula apresenta os chamados embargos de declaração. Se estes forem rejeitados, o réu condenado pode ser preso ainda no mês de março, o que dará um choque no Brasil.

 

Inflação em 2018 pode ser maior que 2017

Analistas financeiros consultados pelo Banco Central prevêem que a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficará em 3,94% ao final deste ano. Vale lembrar que a de 2017 estabeleceu-se ligeiramente abaixo dos 3%. Para 2019, os especialistas prevêem crescimento do PIB em 3% e IPCA em 4,25%.